Amanita Muscaria

Amanita Muscaria


A Amanita muscaria, conhecida como agário-das-moscas ou mata-moscas é um fungo basidiomiceto natural de regiões com clima boreal ou temperado do hemisfério Norte. Possui propriedades psicoativas e alucinógeneas em humanos. O componente ativo é o ácido ibotênico. O pesquisador Robert Gordon Wasson, sugeriu que o cogumelo estava associado ao Soma, bebida sagrada dos Vedas, os mais antigos textos religiosos. A bebida é citada nos hinos do Rigveda, que foi escrito por volta de 1700 a.C.– 1100 a.C, durante o período Védico em Punjabe - onde havia a presença de tais cogumelos, consumidos pelos Xamãs da região. Wasson é o primeiro pesquisador a propor que a forma de intoxicação Védica era de natureza enteogênica.
Na cultura popular, cogumelos vermelhos com pontos brancos, como o Amanita muscaria, aparecem, por exemplo, no super Mário, e nas ilustrações do livro Alice no Pais das maravilhas, de Lewis Carrol em que Alice aparece conversando com uma lagarta que está estendida sobre um Amanita muscaria enquanto fuma um narguilé em visível insinuação.
Enviar um comentário